A CDU organizou em Fiães, concelho de Santa Maria da Feira uma sessão dedicada â defesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Na mesa da sessão estiveram presentes Ana Valente e Miguel Viegas, candidatos da CDU às próximas eleições legislativas, Manuel Silva mandatária da CDU, Manuel Lima Bastos, conhecido advogado e escritor, antigo dirigente do MDP-CDE e Manuel Strecht Monteiro, medico e ex-deputado do PS, com larga experiência ao serviço do SNS.

O SNS, criado no alvor da revolução de Abril representa uma das maiores conquistas da revolução. Cotado com um dos melhores do mundo, foi responsável pela subida de um conjunto de indicadores de saúde que testemunha bem a entrega dos milhares de profissionais que deram e dão o melhor de si, em prol da qualidade e universalidade do serviço. A CDU defende um SNS público universal e gratuito. Sem rejeitar o carácter supletivo da prestação privada, seja ela social ou cooperativa, todas as intervenções durante a sessão, convergiram na necessidade de garantir o papel central do Estado na prestação de cuidados de saúde. Esta centralidade ficou consagrada na nova Lei de Bases da Saúde recentemente aprovada com o contributo decisivo dos deputados do PCP. De destacar igualmente as intervenções das várias comissões de utentes que ali se fizeram representar, vindas de Espinho, Ovar, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Estarreja e Aveiro. A luta das populações foi determinante para evitar o encerramento de muitas unidades de saúde e exigir a atribuição de mais recursos humanos onde eram necessários. Tal como o programa da CDU defende, o envolvimento dos utentes e suas associações é fundamental na gestão do SNS.

Manuel Strecht Monteiro, com a sua larga experiência, relevou a importância de uma gestão mais rigorosa dos recursos humanos e financeiros do SNS onde existe muito desperdício. Por outro lado é necessário estabelecer uma rigorosa separação entre o SNS e a actividade privada que gravita à volta deste. Referindo-se à candidatura da CDU afirmou: "A eleição de Miguel Viegas irá reforçar a esquerda que precisamos para defender e valorizar o SNS!".

Segundo Miguel Viegas: "o desafio consiste hoje em defender o SNS e prepará-lo para melhor servir o inverno demográfico que aí vem. Mas este trabalho será sempre uma construção colectiva com muito diálogo. Por isso precisamos de reforçar a esquerda parlamentar com um deputado em Aveiro!

Gab. apoio candidatura CDU
Aveiro, 27 Agosto de 2019

Últimas Feira

Sinal não encontrado.
Para o topo