Miguel Viegas, candidato da CDU às próximas eleições legislativas, acompanhado de Rui Bastos eleito local da CDU, esteve reunido com a Comissão Vitivinícola da Bairrada. Depois da reunião realizou-se uma visita à Estação Vitivinícola da Bairrada que está profundamente degradada. Desta reunião ficou o compromisso de tudo fazer para recuperar esta estação e colocá-la ao serviço dos produtores da região. A criação de um centro de competência do espumante da Bairrada, reclamada há muito pelo sector, estará igualmente na lista de prioridades do candidato da CDU.

A região demarcada da Bairrada tem vindo a afirmar-se no panorama nacional e internacional, seja nos tintos de cor densa mas também nos brancos e nos espumantes de qualidade, através da recuperação da casta local Baga. Hoje, quase dois terços dos vinhos espumantes nacionais são produzidos na Bairrada, região que é responsável pela venda anual de cerca de seis milhões de garrafas. A contrastar com esta dinâmica, a Estação Vitivinícola da Bairrada, situada no centro de Anadia está profundamente degradada. Pior, à medida que foi perdendo valências, destruiu-se material genético de enorme valor que poderá fazer muita falta ao sector nos próximos anos. É necessário recuperar o edifícios e requalificar a adega para depois colocar esta infraestrutura ao serviço da produção. A valorização das castas locais e em particular da Baga, é um aspecto decisivo e inadiável tendo em conta os enormes desafios colocados aos vitivinicultores. A criação de um Centro de Competências para os Espumantes da Bairrada constitui outra reivindicação do sector com o qual se pretende dar um salto qualitativo consolidando uma estratégia de inovação que perdure no médio e longo prazo.

Segundo Miguel Viegas, "O sector da vinha e do vinho está em crescimento na Bairrada. Cabe à região potenciar este crescimento integrando os vindos da Bairrada numa estratégia de desenvolvimento mais ampla. Para isso, defendemos investimento público com a recuperação da Estação Vitivinícola que está em ruínas!".

 

 

Para o topo