VIII Assembleia Regional de AveiroDecorreu ontem, no Auditório da Junta de Freguesia de Espinho, a VIII Assembleia da Organização Regional de Aveiro do PCP. Tratou-se, como Carlos Gonçalves afirmou na intervenção de abertura, do culminar de «mais de três meses de intenso trabalho preparatório, em que se concretizaram cerca de 110 reuniões, grandes e pequenas, com a participação de mais de 300 camaradas, que elaboraram colectivamente as análises, orientações e propostas, que agora resultam nos documentos que aqui vamos discutir, melhorar e finalmente aprovar.»

Jerónimo de Sousa, na intervenção de encerramento, destaca, nos trabalhos da Assembleia, o «balanço (...) à situação política, económica e social, evidencia a existência dos muitos e graves dos problemas com que esta região, mas também o país se confrontam: o desemprego sempre em crescendo e cada vez mais preocupante; os despedimentos colectivos; o aumento da precariedade; a desvalorização dos rendimentos do trabalho; a destruição de direitos sociais e laborais; o encerramento de empresas com a contínua liquidação da capacidade produtiva, seja na indústria, na agricultura e pescas, mas também do pequeno comércio, bem como a degradação dos serviços públicos, em resultado da ofensiva contra o SNS e a Escola Pública».

Durante os trabalhos foram aprovadas as seguintes moções:

MOÇÃO da Luta pela PAZ

Moção sobre a luta de massas e a Greve Geral

MOÇÃO POR UMA CANDIDATURA PATRIÓTICA E DE ESQUERDA – FRANCISCO LOPES É A ALTERNATIVA DE TRANSFORMAÇÃO E PROGRESSO SOCIAL

Moção sobre o reforço do PCP

Foi eleita a Direcção da Organização Regional de Aveiro do PCP

Foi aprovada a Resolução Política.

Intervenção de encerramento de Jerónimo de Sousa, na VIII Assembleia da Organização Regional de Aveiro

Galeria de imagens

Para o topo