Notícias e acontecimentos

Aspecto geral do jantar de comemoração dos 41 sobre o 25 de AbrilNo âmbito das comemorações do 41.º Aniversário do 25 de Abril, realizou-se um jantar no passado sábado, no restaurante o Portal, em Fermelã, no qual participaram cerca de 90 pessoas, onde se assinalaram as vitórias da revolução de Abril e se relembrar as conquistas alcançadas e que necessitam de ser defendidas diariamente devidos aos constantes ataques por parte dos sucessivos governos.

A célula do PCP no Centro Hospitalar do Baixo Vouga realizou no dia 17 de Abril um jantar convívio seguido de debate que contou com a presença da deputada na Assembleia da República, Paula Santos.

O debate foi participado e incidiu nas políticas dos sucessivos governos de direita PS/PSD/CDS que têm vindo a destruir o Serviço Nacional de Saúde e os direitos no trabalho.

O PCP apresentou as suas propostas para o sector da Saúde, como o reforço das campanhas de saúde escolar, a alocação de recursos humanos e técnicos aos cuidados de saúde primários, uma política do medicamento patriótica e que deixe de colocar o Estado na posição de refém da indústria farmacêutica e a reabertura dos serviços hospitalares entretanto encerrados na sequência da criação dos centros hospitalares.

Nota da imprensa da Comissão Concelhia de Aveiro do PCP

Assembleia reunida na Casa da Comunidade SustentávelTeve lugar na tarde do passado Sábado (18 Abril), na Casa da Comunidade Sustentável, a XII Assembleia de Organização Concelhia de Aveiro do PCP.

Este momento alto da vida do Partido em Aveiro, que contou com a presença de cinco dezenas de militantes, constituiu um importante espaço de debate sobre a situação nacional e local, bem como a necessária resposta a dar pela luta dos trabalhadores e da população e o reforço do PCP no plano orgânico e eleitoral.

Foram quase duas dezenas de intervenções onde ficou evidente que foram dados importantes passos na organização local entre este e a última assembleia, com destaque para o aprofundamento do trabalho junto de várias empresas e locais de trabalho e activação de algumas comissões de freguesia.

Na análise à situação política foi sublinhado o dramático agravamento da situação de vida dos aveirenses que resulta da política realizada por PSD e CDS, tanto no Governo como na Câmara, dando continuidade ao caminho feito pelo PS.

Ao arrepio da tradição democrática dos aveirenses,

Pelo seu interesse, transcreve-se nota distribuída à imprensa pela União dos Sindicatos de Aveiro em 16 de Abril de 2015. Neste documento revela-se, de novo, o carácter inédito, intolerante, anti-democrático, fascizante e retrógrado de parte do actual executivo da Câmara Municipal de Aveiro.

CÂMARA MUNICIPAL DE AVEIRO VOLTA A RECUSAR PALCO

PARA AS COMEMORAÇÕES DO 25 DE ABRIL E DO 1º MAIO

Pelo segundo ano consecutivo o Executivo PSD/CDS na Câmara Municipal de Aveiro tenta criar dificuldades à Organização das Comemorações Populares do 25 de Abril e do 1º Maio, na cidade de Aveiro.

Com efeito, após 41 anos do 25 de Abril, o Executivo Municipal age como se fosse dono dos palcos e da Cidade e não como gestor dos bens que são de toda a comunidade.

Pelas posições assumidas, a actual maioria PSD/CDS na Câmara Municipal de Aveiro, demonstra que politicamente convive muito mal com o que estas datas representam no derrube do fascismo e na libertação dos trabalhadores e do povo.

Pode o Executivo Municipal estar certo, e os Democratas do distrito seguros, que em momento algum a União de Sindicatos de Aveiro/CGTP-IN, abdicará de combater e de denunciar as tiranias e os tiranos bem como da luta em defesa dos interesses dos trabalhadores e do povo e na afirmação dos direitos e liberdade conquistados com o 25 de Abril.

Nesse sentido, exortamos todos os Democratas do Concelho de Aveiro a participarem activamente nas Comemorações populares do 25 de Abril, que se vão realizar na Praça Joaquim Melo e Freitas, pelas 15 horas.

O povo unido jamais será vencido!

 


Para o topo