Notícias e acontecimentos

Foram dados hoje os primeiros passos na construção do pavilhão de Aveiro na 40ª edição da Festa do Avante!, que terá lugar nos dias 2, 3 e 4 de Setembro, na Amora, Seixal.

Como é apanágio do PCP, a construção deste que é o maior evento-político cultural do nosso País, é construído com base na militância e dedicação de homens e mulheres de diferentes gerações, que dedicam vários dias do seu verão a deixar tudo pronto para acolher os largos milhares de visitantes que participam na Festa do Avante! todos os anos.

Teve lugar no passado dia 11 de Abril, na Escola Secundária Mário Sacramento, uma sessão sob o lema “Afirmar-se em ditadura” que contou com a participação de Domingos Abrantes, convidado pela escola, em que estiveram presentes dezenas de estudantes.

Na sua intervenção Domingos Abrantes explicou a Fuga de Caxias como o momento em que culminou um longo e complexo processo de preparação. Destacou, para o êxito desta fuga, o papel de José Magro e do camarada Tereso que, após um moroso processo de preparação, aceitou a tarefa de se passar para a ala dos «rachados», isto é, daqueles que aceitavam colaborar com o regime fascista. Partilhou, ainda com os estudantes, a experiência da prisão, da tortura, da privação, o sofrimento individual.

95 º aniversário do PCP comemorado em Stª Mª da Feira!

«um partido que se mantêm completamente independente dos interesses, da ideologia, das pressões e ameaças das forças do capital; um partido da classe operária, dos trabalhadores em geral, dos explorados e oprimidos; um partido com uma vida democrática interna, sem paralelo; um partido que define, como seu objectivo, a construção de uma sociedade sem exploradores nem explorados, uma sociedade socialista», da intervenção de Joaquim Almeida membro do CC do PCP

por Comissão Concelhia de Stª Mª da Feira do PCP publicado em PCP Feira

Nota de Imprensa da Comissão Concelhia de Ovar do PCP

Mais de sessenta militantes e amigos marcaram presença no jantar comemorativo do 95º aniversário do PCP, no passado sábado 19 de Março, em Ovar, numa iniciativa que contou com a presença de Belmiro Magalhães, membro do Comité Central do PCP, e ainda com a animação musical de Fernando Ribeiro.

Após o jantar, Miguel Jeri, deputado do PCP na Assembleia Municipal de Ovar, iniciou as intervenções destacando o trabalho do Partido que tem vindo a ser realizado no concelho, junto dos trabalhadores dos vários sectores da economia local, em especial os precários, dos agricultores, dos pescadores, dos moradores dos bairros sociais, dos jovens, dos reformados. Destacou ainda a intervenção institucional na Assembleia Municipal e nas Assembleias de Freguesia, realçando as moções apresentadas pelo PCP: pela reabilitação do Bairro do SAAL (aprovada), contra a municipalização da educação (rejeitada pelo PSD), pela criação do Portal Educativo (aprovada) e pelo fim das portagens na A29 (aprovada apesar da abstenção do PSD).

Na noite de 6a feira a Biblioteca Municipal de Aveiro recebeu um debate do PCP com o lema "Arte: ferramenta de transformação social".

Esta iniciativa, que se insere no vasto programa nacional de iniciativas do 95o aniversário do Partido Comunista Português, teve como oradores Ruben Carvalho e Jorge Sarabando, contando com a moderação de Filipe Guerra.

Ao longo do evento que encheu por completo a biblioteca abordou-se a indissociável ligação entre a produção artística e a liberdade, assim como a relação dialética entre a Arte e a transformação da sociedade.

Para o topo