TRABALHO HONESTIDADE COMPETÊNCIA

CDU -No concelho e no País
Força necessária
 

Miguel Viegas, candidato da CDU à câmara de Aveiro, acompanhado de Manuel Reis e Mafalda Guerreiro, da Organização local do PCP, estiveram reunidos com o responsável pelo Centro de Respostas Integradas de Aveiro, procurando assim colher informações atualizadas sobre a situação da toxicodependência e outros comportamentos aditivos no concelho de Aveiro.

De acordo com os elementos apurados, a situação continua a caracterizar-se por uma procura crescente, muito embora com um perfil dinâmico e multifacetado que enfrenta uma resposta que poderia e deveria estar dotada de mais meios físicos e humanos por forma a corresponder às exigências colocadas. Sob um fundo conhecido, muito marcado pelo consumo de substâncias psicoactivas (lícitas e ilícitas), emergente nos comportamentos aditivos que exigem uma atualização permanente dos serviços, seja no tratamento seja na prevenção.

Apesar de algumas melhorias ao nível dos recursos humanos ao nível do pessoal de enfermagem, continuam a existir carências brutais neste serviço que chegou a funcionar com cinco médicos a tempo inteiro, quando hoje funciona apenas com um (ao qual se juntam outros dois a tempo parcial). As instalações são igualmente curtas para uma área de intervenção tão vasta que inclui a totalidade da região do Baixo-Vouga.

Pela parte da CDU, Miguel Viegas reiterou uma antiga proposta de aproveitar toda a área envolvente incluindo o edificado, hoje nas mãos do ministério das finanças, para aí se estabeleceram um conjunto de equipamentos destinados a reforçar a resposta do serviço nacional de saúde. Estamos a falar do centro de saúde de S. Bernardo, que não dispões hoje de instalações próprias, da recuperação e ampliação do Centro de Respostas Integradas de Aveiro e eventualmente de outros equipamento que possa alargar a prestação de cuidados continuados, em articulação com o Centro Hospitalar do Baixo Vouga.

CDU, Aveiro, 2 de Junho de 2017


Para o topo