TRABALHO HONESTIDADE COMPETÊNCIA

CDU -No concelho e no País
Força necessária
 

A petição em defesa do Hospital de Ovar, teve um acolhimento que superou em muito as expectativas, tendo a população colaborado activamente na recolha de assinaturas nos mais variados locais do município. De facto, nestas semanas, e para além das muitas acções públicas de recolha de assinaturas, a petição esteve disponível em dezenas de estabelecimentos, para além de uma versão na internet. Foi criada uma página (nesta ligação) de apoio à petição, com possibilidade de descarregamento da mesma, bem como de outros materiais de apoio e informação actualizada. No âmbito de uma ampla campanha de esclarecimento foi ainda organizado um debate subordinado ao tema realizado no dia 22 Junho e que contou com a presença da primeira peticionária, Maria Helena Silva e de um painel de palestrantes que permitiu uma discussão mais aprofundada do presente e do futuro do Hospital de Ovar.

Esta imensa campanha em defesa da qualidade, da proximidade e da autonomia do nosso Hospital saldou-se na recolha de 7354 assinaturas (7178 em papel e 176 na internet). Os primeiros subscritores da petição, nomeadamente Maria Helena Silva, trabalhadora do hospital, e Miguel Jeri Correia de Sá (médico) ressaltam a importância desta expressão da vontade popular, esperando que esta seja tida em conta nas decisões que brevemente serão tomadas quanto ao futuro do hospital, nomeadamente quanto à existência de obras no bloco operatório, à avaliação da necessidade de uma urgência básica e à integração dos trabalhadores precários.

Num momento em que se aguarda uma revisão do Plano de Negócios de uma eventual ULS Entre Douro e Vouga, esta petição marca acima de tudo uma importante posição da população sobre a defesa da autonomia do Hospital de Ovar, ressaltando a necessidade da melhoria e clarificação da sua articulação na rede de cuidados do SNS.

No dia de ontem a petição foi enviada à Assembleia da República, com o objectivo de que, tendo em conta o seu conteúdo, estas reivindicações sejam discutidas o mais rapidamente possível.

Ovar, 11 de Julho de 2017
​​A Comissão Coordenadora de Ovar da CDU​ (PCP-PEV)​​

Para o topo