TRABALHO HONESTIDADE COMPETÊNCIA

CDU -No concelho e no País
Força necessária
 

Analisados os resultados eleitorais a Comissão Coordenadora de Ovar da CDU:

1. Saúda calorosamente todos aqueles que confiaram na CDU como a grande força de esquerda de Poder Local, especialmente aqueles que o fizeram pela primeira vez. Os eleitores da CDU poderão ter a certeza de que o seu voto não foi em vão, imprimindo força à luta por um Poder Local democrático e participado, contra as políticas de direita, sejam elas locais ou nacionais.

2. Valoriza muito a eleição de dois representantes em Ovar: Miguel Jeri na Assembleia Municipal e Paulo Pereira na Assembleia de Freguesia de Ovar, que serão os rostos deste grande colectivo e deste projecto nos próximos 4 anos, nas instituições do município.

3. Reconhecendo os resultados eleitorais, que ficaram aquém do esperado - dado o rico e reconhecido património de trabalho da CDU no nosso concelho - a CDU não pode deixar de assinalar os sucessivos atropelos à democracia nesta campanha eleitoral, de que são exemplos a tentativa de impedimento do candidato da CDU de contactar com os trabalhadores da Câmara Municipal, pressões sobre os trabalhadores para votar numa candidatura ou o uso indevido da imagem do Presidente da Câmara, confundindo os papéis de candidato e detentor de cargo público, que mereceram a condenação da Comissão Nacional de Eleições.

4. Assinala a desproporção de meios das diferentes candidaturas, que não sendo novidade atingiu nestas eleições valores absolutamente astronómicos e impossíveis de ignorar. A CDU continuará a privilegiar, nas suas campanhas eleitorais, a importância do debate e do esclarecimento do seu projecto, apostando em meios de divulgação e participação cada vez mais eficazes.

5. Apesar da diferente correlação de forças, a CDU continuará a lutar pelos ideais que a norteiam, pela valorização dos serviços públicos, dos trabalhadores e do trabalho, da qualidade de vida das populações, da defesa do meio ambiente, do desenvolvimento sustentável, por uma política de esquerda no município de Ovar. Será sem dúvida uma força indispensável na fiscalização dos órgãos executivos do Município (Câmara e Juntas de Freguesia), a qual será levada numa perspectiva construtiva e rigorosa.

Ovar, 6 de Outubro de 2017
A Comissão Concelhia de Ovar do PCP


Para o topo