Miguel Viegas, candidato da CDU às próximas eleições legislativas reuniu ontem com a Comissão de Utentes de Saúde de Aveiro a propósito do encerramento das extensões de Saúde de Fátima e Requeixo (Aveiro). Apesar do compromisso anunciado pelo ACES do Baixo Vouga em garantir a sua reabertura em Julho com outro médico, a CDU não compreende como não foi possível antecipar a aposentação do médico, deixando as populações sem acesso à consulta.

De acordo com a Comissão de Utentes, há muito que se sabia que o médico que prestava serviço naquelas duas unidades de saúde se ia reformar. É portanto inadmissível que se tenha chegado a esta situação, que não é inédita. Com efeito, a extensão de São Jacinto chegou a encerrar por razões idênticas com a aposentação do médico que lá prestava serviço. O anúncio da deslocação de um médico de Eixo para garantir o funcionamento dos postos de atendimento de Fátima e de Requeixo é positivo, até porque estará igualmente garantido o reforço do quadro com mais um médico para Eixo, evitando assim que a solução de uns não seja um problema para outros.

Pela parte de Miguel Viegas, ficou a garantia da CDU acompanhar esta questão, por forma a que as populações de Fátima e Requeixo possam voltar já em Julho a ter os serviços de saúde que nunca deveriam ter sido encerrados. O reforço do quadro de médicos ao nível da rede de cuidados primários continua a ser uma prioridade para o concelho de Aveiro onde existe uma extensa área rural com uma população envelhecida que não pode ser abandonada com o encerramento de serviços públicos essenciais.

Gabinete de Imprensa da CDU

Para o topo