Logo PCPJorge Machado, deputado do PCP esteve no LIQ (Laboratótio Industrial Qualidade), na segunda-feira 19 de Abril, para uma visita de informação sobre as actividades desta entidade acreditada no sistema português de inspecção, ensaio e calibração. Na agenda esteve também a avaliação do impacto da alteração ao regime jurídico da urbanização e da edificação, recentemente aprovada pelo Governo, que terá como destino provável a intervenção da Assembleia da República neste processo legislativo.

Aspecto da reunião referida no textoA delegação do PCP que acompanhou o deputado Jorge Machado foi composta por Francisco Simões, da Comissão Concelhia de Águeda, e pelos membros da DORAV Óscar Oliveira, Filipe Guerra e Luís Quintino, partilhando entre todos o consenso e a preocupação em torno das consequências da intervenção legislativa do governo sobre a segurança dos cidadãos e sobre o emprego. Foi lembrada a tragédia ocorrida na região com uma explosão de gás numa vivenda da Borralha, onde não foi efectuada a inspecção de especialidade que a nova legislação, caso não exista intervenção da Assembleia da República, passará definitivamente a ser dispensada e substituída por um mero termo de responsabilidade.

A delegação do PCP observou a dimensão e a diversidade de actividades técnicas do LIQ, todas elas acreditadas pelo IPAC. A intervenção do grupo Parlamentar do PCP sobre esta matéria, terá em conta a preservação destas actividades e do emprego técnico que lhe está associado, para além de salvaguardar a segurança e a protecção dos cidadãos e das edificações, em matérias tão sensíveis e críticas como a electricidade e o gás.

Para o topo