A deputada do PCP Diana Ferreira, junto com uma delegação de militantes de Albergaria-a-Velha do PCP estiveram junto dos trabalhadores da GROHE Portugal, para a distribuição de um documento com os problemas concretos destes trabalhadores.

A Grohe, cujo volume de vendas só em 2016 foi de 152.778.179.73€, é uma empresa com marca prestigiada e reconhecida qualidade. Ora nada disto seria possível sem a força dos seus cerca de 900 trabalhadores que apesar disto vêem os seus postos de trabalho cada vez mais assentes em contractos a prazo e ritmos de trabalho cada vez maiores.

Além disto acresce a estagnação das progressões na carreira que estão congeladas há mais de sete anos, e onde a avaliação não obedece a critérios objectivos nem transparentes, abrindo portas à discriminação salarial. Isto na práctica trata-se de uma forma de pressionar os trabalhadores a aceitarem ritmos de trabalho cada vez mais intensos, o que é particularmente inaceitável para quem tem compromissos familiares, premiando assim a aceitação da exploração.

Por tudo isto o PCP apela aos trabalhadores que não cedam e que resistam, que se unam em torno de um sindicato e que lutem pelo trabalho com direitos, onde seja possível conciliar vida profissional com a familiar.

Albergaria-a-Velha, 4 de Julho de 2018
A Comissão Concelhia de Albergaria-a-Velha do PCP


Para o topo