Anadia

Um ano após a denúncia do PCP sobre as situações de precariedade e instabilidade vividas na empresa Certeca – Cerdomus em Anadia, os problemas persistem, nomeadamente no que diz respeito aos atrasos no pagamento dos salários e respectivos subsídios.

Ao longo dos últimos meses esta empresa não cumpre atempadamente as suas obrigações perante os trabalhadores no que diz respeito ao pagamento dos salários até ao prazo estipulado por lei, tendo até sido criado o hábito, por parte da entidade patronal, de pagar de forma faseada ao longo do mês sem que haja um fracionamento igualitário a todos os trabalhadores.

Assim, a entidade patronal paga em várias prestações mensais os salários dos seus trabalhadores, escolhendo uns em detrimento de outros, mantendo uma situação de injustiça e desigualdade entre os trabalhadores.

É ainda necessário salientar que no que diz respeito aos subsídios de férias e natal do ano anterior, estes ainda se encontram em divida, tendo sido feitos alguns acordos de pagamento entre os trabalhadores e a entidade patronal, mas que nunca foram cumpridos.

Transcreve-se pergunta endereçada ao Governo pelo GP do PCP

Assunto: Necessidade urgente de conclusão das obras da Escola Secundária de Anadia (Aveiro)
Destinatário: Min.  da  Educação e Ciência


Ex. ma Sr.a Presidente da Assembleia da República

O PCP teve conhecimento da falta de condições materiais da Escola Secundária de Anadia (ESA) através de um comunicado da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Anadia.

Já a 15 de Janeiro de 2013 o PCP dirigiu ao Ministério da Educação e Ciência a pergunta n.º 896/XII/2a, solicitando esclarecimentos relativos a prazos de reavaliação do projeto, prazos de concretização e avaliação dos impactos de reavaliação dos projetos vai ter na Escola Secundária de Anadia. A esta pergunta o Ministério da Educação e Ciência não deu qualquer resposta. Dirigimos por isso nova pergunta, reiterando a necessidade de obter cabal esclarecimento.

No passado dia 2 de Agosto (sexta-feira), pelas 10 horas uma Delegação da CDU - Anadia, composta por Joaquim Gaspar, mandatário para as eleições autárquicas de 2013 e um grupo de mais 4 candidatos apresentaram-se no Tribunal da Comarca do Baixo Vouga-Juízos de Anadia, onde formalizaram a sua candidatura aos vários órgãos da autarquia.

Fátima Flores no uso da palavra, no jantar de apresentação dos cabeças de lista aos órgãos municipais de AnadiaNum animado e participado jantar, a CDU apresentou, no passado sábado, os primeiros candidatos à Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Anadia, Fátima Flores e João Morais, respectivamente.

A apresentação dos candidatos contou ainda com a participação de Miguel Viegas, do executivo da DORAV do PCP e José Diogo, mandatário da lista CDU no concelho de Anadia.


Para o topo