Realizou-se no passado sábado um convívio/magusto no centro de trabalho do PCP em Aveiro, promovido pela comissão concelhia de Aveiro do PCP, que reuniu várias dezenas de camaradas e amigos que, de alguma forma, participaram no último acto eleitoral. Tratou-se de uma iniciativa de convívio, mas também de afirmação do projecto do PCP para o país e na sua determinação em levar mais longe as reivindicações e anseios da população. A intervenção política esteve a cargo de Diana Ferreira, deputada do PCP na A.R., centrando-se em torno da proposta de Orçamento do Estado para 2018, das suas limitações, mas também valorizando o facto de este Orçamento do Estado, com o contributo do PCP, consolidar as medidas de reposição de direitos, salários e rendimentos tomadas nos últimos dois anos e dar novos passos nessa reposição. Como seja, um novo aumento das pensões e reformas, de se aliviar o IRS aos trabalhadores, particularmente aos que têm rendimentos mais baixos, ou de serem devolvidos direitos aos trabalhadores da Administração Pública.

O PCP, junto com a luta dos trabalhadores e da população, irá continuar a intervir, nomeadamente em sede de especialidade, para que este orçamento vá ainda mais longe, como consagrar o aumento do IRC a pagar pelas empresas com mais de 35 milhões de euros de lucros por via do aumento da derrama, bem como para a eliminação do corte de 10% no subsídio de desemprego e ainda o alargamento da gratuitidade dos manuais escolares, que o PCP se baterá para que aconteça para os 2º e 3º ciclos do ensino básico.

A Comissão Concelhia de Aveiro do PCP
6 de Novembro de 2017


Para o topo