Face à notícia avançada nos órgãos de comunicação social dando nota do encerramento hoje dos balcão dos CTT na Universidade de Aveiro e em Barrosinhas (Águeda), a Comissão Concelhia de Aveiro do PCP, realizou uma acção de contacto com a população do concelho, exigindo uma postura firme da autarquia contra este encerramento, que irá  sufocar dos balcões remanescentes, onde logicamente os tempos de espera aumentarão e a qualidade do serviço se degradará ainda mais – pese embora os esforços dos trabalhadores da empresa.

Da mesma forma, o PCP apela às populações que não se resignem e lutem contra esta decisão injusta e lesiva do interesse público. Por fim, o PCP insiste na necessidade da recuperação do controlo público dos CTT, criando as condições para impedir a sangria actual, garantindo o futuro da empresa e o cumprimento dos seus objectivos históricos, não se sujeitando a desvirtuações ou mistificações que conduzam à sua destruição.

A comissão concelhia de Aveiro do PCP
Aveiro, 19 de Janeiro de 2018


Para o topo