Castelo de Paiva

A deputada do PCP na Assembleia da República esteve esta manhã no concelho de Castelo de Paiva onde participou numa conferência de imprensa sobre a questão das acessbilidades deste concelho. Transcreve-se, abaixo, o texto de suporte à iniciativa.

O problema crónico das acessibilidades no Concelho de Castelo de Paiva continua lamentavelmente a arrastar-se sem as devidas e prometidas soluções sustentadas.

Sobre a sessão/debate em Castelo de Paiva

Aspecto da sessão em Sobrado de PaivaO Centro de Interpretação da Cultura Local, em Sobrado de Paiva, acolheu na última sexta-feira a Sessão Debate, promovida pela CDU, precisamente sobre o tema inserido no título, e que justamente muito preocupa os paivenses.

Com efeito e na base de um documento síntese, que se junta em anexo, foi apresentado um quadro extremamente negativo do Concelho de Castelo de Paiva em todos os seus parâmetros: demográficos, económicos e sociais. Isso mesmo foi demonstrado e exemplificado nas várias intervenções iniciais. Primeiro por Manuel Rodrigues, membro da Comissão Concelhia do PCP que, depois de agradecer a cedência daquele espaço por parte da Câmara Municipal e a presença de todos, traçou os grandes objectivos deste Debate, enquanto contributo da Coligação Democrática Unitária, não só para fazer o diagnóstico da grave situação local mas igualmente para equacionar as medidas e soluções que a possam debelar.

Nota de imprensa da Comissão Concelhia de Castelo de Paiva do PCP

EM DEFESA DO PODER LOCAL DEMOCRÁTICO!

Os titulares dos órgãos autárquicos têm, eticamente e segundo a legislação em vigor, especiais deveres de bom senso e urbanidade no decurso e na condução das reuniões respectivas.

Ora, foi precisamente aquilo que não se passou na última reunião da Assembleia Municipal de Castelo de Paiva, desta feita realizada no Couto Mineiro, em que o seu Presidente, eleito nas listas do PS, de uma forma desabrida e insolente, não só tentou impedir um munícipe de intervir no período destinado ao público, como reagiu intempestivamente e de cabeça perdida às suas interpelações,

Acredito na força que emana da mente. Acredito que posso contribuir para que os Paivenses se libertem do colete de forças que os sucessivos executivos camarários lhes colocou e que com confiança apostarão nos candidatos da CDU.

Manuel Vieira, cabeça de lista da CDU à Câmara Municipal de Castelo de Paiva

 

Folheto da CDU em castelo de Paiva - Autarquias 2013

O concelho de Castelo de Paiva atravessa um dos períodos mais negros da sua existência por culpa da “política da troika” levada a cabo pelo governo PSD/CDS, com a concordância do PS e que faz a “vida negra” aos Paivenses:

É a assustadora taxa de desemprego galopante e a falência de empresas que aumenta a desertificação das suas zonas industriais e o caminho da emigração e o despovoamento das nossas aldeias;

São as consequências do encerramento do SAP, a falta de médicos, a distância dos hospitais da Feira e Penafiel, as más vias de acesso que degradaram o direito à saúde e aos cuidados primários;

Foi a tentativa adiada do encerramento do Tribunal Judicial;

Logotipo PCPComunicado aos Paivenses

O concelho de Castelo de Paiva tem ao longo dos tempos sofrido pelo facto de estar no interior, longe de tudo, esquecido pelos órgãos do poder central.

A revolução do 25 de Abril de 1974 contribuiu, tal como em todo o território português, para o seu desenvolvimento económico, cultural e político, combatendo o atraso que a ditadura salazarista também a este concelho legou.

Logotipo PCPDecorreu no passado domingo na Junta de Freguesia de Stª Mª de Sardoura esta importante reunião, que debateu aprofundadamente o momento político no país em geral e em especial nosso Concelho e em que foi aprovada a seguinte resolução:

1.Vivemos momentos particularmente graves nos aspectos sociais e económicos, fruto de políticas recessivas dos vários governos, tanto do PS como do PSD, com o CDS atrelado ou não, mas todos eles associados à troika estrangeira, de destruição do nosso aparelho produtivo e em beneficio único dos grandes interesses e potências.

COMUNICADO AOS PAIVENSES

O Concelho de Castelo de Paiva continua a ser martirizado e desertificado pelas políticas desastrosas do Governo PS/ Sócrates que tudo quer encerrar e destruir.

Estamos perante uma autêntica catástrofe social. Numa região flagelada pelo desemprego, com empresas a fechar em catadupa e sem alternativas, é a própria sobrevivência de cada vez mais famílias que assim é posta em causa, agravando e muito os índices de pobreza e exclusão social do Concelho paivense.


Para o topo