Tal como noutros pontos do país, o Governo PS prepara-se para encerrar o Centro de Saúde de Castelo de Paiva.

Se tal propósito se concretizasse, os Paivenses sofreriam um duro golpe no seu direito à saúde, aumentando ainda mais as dificuldades de quem vive no Interior, longe de tudo.

A forma hipócrita como o Governo tem tratado este assunto merece o nosso mais vivo protesto e denúncia:

  • Decidiu sem ouvir os representantes da população;
  • Decidiu na base de um relatório encomendado, que veio a confirmar-se, irrealista e lesivo dos mais elementares direitos dos Paivenses.
  • Ignorou que estamos longe de Penafiel e de Stª Mª da Feira, servidos por estradas más e cheias de curvas.
  • Optou por uma política clara de “ bota abaixo “, não colocando médicos no Centro de Saúde, para depois argumentar que se justifica o encer-ramento por falta de utentes.

Perante estes factos, não pode a Comissão Concelhia de Castelo de Paiva do P.C.P. deixar de denunciar mais este ataque a um serviço público fundamental e apelar a todos os Paivenses para que se mobilizem e lutem contra esta politi-ca, onde somos vistos como números e não como cidadãos com direitos. Não será, inclusive, com manobras de última hora e negociações de bastidores que se tenta desviar as atenções do essencial e assim desresponsabilizar o Estado e o Ministério da tutela das suas obrigações constitucionais de defesa do Serviço Nacional de Saúde universal e acessível a todos.

Podem, como sempre, contar com o nosso empenhamento e solidariedade.

Castelo de Paiva, 7 de Março de 2007

A Comissão Concelhia de Castelo de Paiva do P.C.P.

Para o topo