Logotipo PCPDecorreu no passado domingo na Junta de Freguesia de Stª Mª de Sardoura esta importante reunião, que debateu aprofundadamente o momento político no país em geral e em especial nosso Concelho e em que foi aprovada a seguinte resolução:

1.Vivemos momentos particularmente graves nos aspectos sociais e económicos, fruto de políticas recessivas dos vários governos, tanto do PS como do PSD, com o CDS atrelado ou não, mas todos eles associados à troika estrangeira, de destruição do nosso aparelho produtivo e em beneficio único dos grandes interesses e potências.

O Concelho de Castelo de Paiva é o retrato fiel e o resultado lógico destas políticas e orientações. Cada vez mais desertificado e empobrecido, vê as suas pequenas e médias empresas encerrarem ou reduzirem substancialmente os seus postos de trabalho, como foram os casos recentes da Glovar, Ilpe, Cerne, Ieta, Anita, etc.,- nalguns deles com processos de insolvência mais que duvidosos - lançando assim no desemprego centenas e centenas de paivenses, o que representa já a maior percentagem do Distrito de Aveiro. Por outro lado, são encerrados ou reduzidos significativamente diversos serviços públicos na área da saúde e da educação, com todas as consequências negativas para as populações do Concelho, privados deste modo de meios indispensáveis para o seu bem-estar e qualidade de vida. O Governo PSD / CDS chega mesmo ao desplante de querer encerrar agora o próprio Tribunal, numa sanha destruidora que urge denunciar e combater.

Não obstante todas as promessas conhecidas, tanto do poder central como local, a verdade é que a necessária melhoria nas vias rodoviárias e acessibilidades, encontra-se muito longe de estar concretizada, o que só vem agravar todos os planos da realidade sócio-económica do Concelho.

2. É preciso um verdadeiro programa de emergência, como o PCP tem vindo a defender para o Distrito de Aveiro e igualmente para o Concelho paivense, que rompa com este ciclo de destruição e pobreza, com sérios reflexos na qualidade de vida e na estabilidade das famílias até pelo aumento desmesurado da emigração.

A organização concelhia de Castelo de Paiva do PCP, apesar das suas limitações e pequena implantação, tem consciência do seu papel insubstituível nessa transformação e na defesa dos paivenses. É com tal objectivo que aprova o seguinte plano de trabalho:

A)- Medidas para o reforço da sua organização, através do alargamento das suas fileiras e da consolidação da comissão concelhia.

B)- Dinamização de novas iniciativas temáticas e de convívio, a par da edição de mais tomadas de posição (comunicados, notas de imprensa, etc. ) sobre os problemas mais sentidos no Concelho.

Castelo de Paiva, 29 de Janeiro de 2012

Para o topo