1. Foi apresentada este domingo a lista dos candidatos da CDU às Eleições para o Parlamento Europeu (PE). Depois de João Ferreira e Inês Zuber, deputados do PCP no PE, que ocupam os dois primeiros lugares na lista, segue-se em terceiro lugar, Miguel Viegas, professor universitário e membro da DORAveiro do PCP. A mandatária nacional da CDU é Ilda Figueiredo, natural do distrito, autarca e antiga deputada no PE. O mandatário distrital é Adelino Nunes, candidato pela CDU ao PE em 2009, Coordenador da União de Sindicatos de Aveiro e membro da DORAveiro do PCP. É agora tempo de intervir, no país, e no distrito de Aveiro, na batalha eleitoral, que culminará em 25 de Maio.
  2. Os candidatos e activistas da CDU, profundamente ligados ao pulsar da vida e à realidade nacional, nas suas múltiplas vertentes, não se resignam perante as adversidades, nem viram a cara à luta, e tudo farão para esclarecer os trabalhadores e as populações sobre as políticas de integração capitalista da União Europeia e as suas consequências nefastas para o país e o distrito, e sobre as propostas que os deputados a eleger pelo PCP e o PEV - as forças políticas mais coerentes no combate às políticas que destroem a economia e a soberania de Portugal -, defenderão no Parlamento Europeu.
  3. Com esta apresentação, a CDU assume o compromisso de continuar o trabalho realizado nos últimos cinco anos, nas instituições e fora delas, dando corpo à exigência de uma profunda mudança na vida nacional e dando voz à defesa dos interesses nacionais, numa Europa que queremos que seja de cooperação, respeitadora da vontade dos povos e assente na defesa dos valores da solidariedade, da democracia, da paz e do progresso social.
  4. A campanha eleitoral da CDU, assente no esclarecimento e na mobilização, terá a preocupação da elevação, mas não silenciará nem os efeitos da política de agressão e roubo, que está a ser praticada contra o povo e o país – a política da troika nacional, PSD, CDS e PS, e da troika estrangeira, UE, BCE e FMI -, nem deixará de apontar a responsabilidade do Presidente da República na situação criada.
  5. A CDU parte para esta campanha alicerçada no rico património da sua intervenção e no reconhecido percurso da sua intransigente defesa dos interesses do povo e do País. O voto na CDU é o voto dos que não abdicam dos interesses nacionais, nem se submetem a ser governados a partir de Bruxelas. É o voto que afirma a soberania e a independência nacionais como parte integrante de um projecto de desenvolvimento para Portugal. É o voto que dá continuidade à luta pela demissão do Governo e prolonga nas eleições de 25 de Maio a exigência de uma nova política, patriótica e de esquerda. O voto dos que se recusam a aceitar como único caminho para a Europa o neoliberalismo, o federalismo e o militarismo.

Gabinete de Imprensa da DORAV do PCP

25 de Março de 2014

 

Elementos Biográficos

Miguel Viegas

Miguel Lopes Batista Viegas, 44 Anos, Professor Universitário. Licenciado em medicina veterinária pela Universidade Técnica de Lisboa (1993). Licenciado em Economia pela Universidade do Aveiro (2004). Doutorado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (2010). Mestre em Planeamento Regional e Urbano pela Universidade de Aveiro (2013). Natural de Paris regressou a Portugal com 10 anos. Exerceu a profissão de médico veterinário entre 1993 e 2011 no setor agropecuário. Em 2008 ingressou na carreira académica como docente do Departamento de Economia e Gestão Industrial da Universidade de Aveiro. Como investigador, tem-se debruçado sobre temas como a macroeconomia e a política orçamental. É fundador e dirigente do Clube de Canoagem de Ovar e tem vários títulos nacionais em remo e regionais em canoagem. Foi dirigente da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina Veterinária. Foi deputado municipal em Ovar. Participou em diversos movimentos de defesa dos serviços públicos. É dirigente do Sindicato dos Professores da Região Centro. É membro da Concelhia de Aveiro, da Direção Regional de Aveiro do PCP e do seu Executivo.

 

Adelino Silva Nunes Pereira, 51 anos, natural e residente na Freguesia da Branca, Albergaria-a-Velha. Metalúrgico, Coordenador da União dos Sindicatos de Aveiro e membro da Comissão Executiva da CGTP-IN. Membro da Comissão Concelhia de Albergaria - a - Velha e da Direcção da Organização Regional de Aveiro do PCP e do seu Executivo.

 

 

 


Para o topo