Militantes da organização concelhia de Estarreja do PCP estiveram na noite passada em contacto com os trabalhadores da unidade da Avisabor (ex-Lusiaves) situada na freguesia de Pardilhó.

Nesta acção, integrada na difusão da campanha "Valorizar os trabalhadores! Mais força ao PCP", foi possível constatar que a única alteração ocorrida na Lusiaves nos últimos anos foi mesmo a referente ao nome.

Tal como já denunciado pelo PCP, os ritmos de trabalho são intensíssimos e a pressão sobre os trabalhadores atinge níveis muito para lá do aceitável, situação que se repercute num ambiente de trabalho profundamente degradado e na dificuldade da empresa em segurar nos seus quadros os trabalhadores.

A isto acresce o recurso ao trabalho precário e remunerações baixas (em contraste com a constante expansão do grupo!), factos igualmente inadmissíveis e que exigem firme resposta dos trabalhadores e intervenção séria pela parte das autoridades competentes.

Aveiro, 24 de Março de 2018
O Gabinete de Imprensa da DORAV do PCP


Para o topo