Miguel Viegas, deputado do PCP no Parlamento Europeu esteve reunido com o comando distrital de Aveiro da PSP. Esta visita insere-se no quadro habitual de contactos que regularmente os eleitos do PCP realizam no exercício do seu mandato. Na delegação do PCP, participou igualmente António Regala, membro do estrutura local do Partido.

A segurança representa uma componente fundamental na qualidade de vida das populações. Neste sentido, o PCP considera como positivo a diminuição da taxa de criminalidade registada no distrito. Tal resultado deve ser valorizado na medida em que ocorre num período onde os mais diversos cortes afetaram as forças de segurança na sua capacidade operacional, seja em recursos humanos seja em recursos materiais.

Contudo, passado o período da Troika de má memória, o PCP entende que chegou o momento de investir nas forças de segurança e em particular na PSP, evitando assim uma rotura que poderá comprometer a qualidade de um serviço essencial para as populações. A título de exemplo, o parque de viaturas está excessivamente envelhecido e o próprio corpo policial, em virtude de uma política deliberada de travar entradas e saídas, carece de renovação. Muitos efectivos estão hoje com mais de 50 anos, sendo que uma elevada proporção destes deverão aposentar-se a curto prazo.

Nas palavras de Miguel Viegas, a PSP tem desempenhado um papel de grande relevo ao garantir condições de segurança às populações no país e em particular no Distrito. Neste sentido, é imprescindível que, em sede de orçamento de estado, seja dada expressão a uma necessidade urgente de renovar os quadros e valorizar as suas carreiras, dando igualmente atenção às condições materiais. É neste sentido que o PCP intervém, em prol do serviço público e na valorização dos seus trabalhadores.

Gabinete de Imprensa da DORAV
Aveiro 9 de Abril de 2018


Para o topo