Realizou-se no passado sábado, dia 7, em Oliveira de Azeméis, o Convívio Regional de Aveiro do PCP que reuniu algumas centenas de pessoas entre simpatizantes e militantes do Partido. Iniciativa de confraternização animada musicalmente pelo jovem Miguel Araújo que revisitou alguns dos principais temas de música de intervenção cuja actualidade permanece e se manifesta quais rebentos novos em planta viva e vigorosa. O ambiente bucólico, do Parque Urbano de Cavaleiros em Santiago de Riba-Ul, assim o sugere por ali brotando, de novo, a frescura das gentes e dos ideais que animam este colectivo na sua nobre missão.

O comício contou com a participação de Jerónimo de Sousa, Secretário Geral, que sublinhou a prioridade do PCP na defesa, reposição e conquista de direitos, no quadro da discussão do Orçamento Geral do Estado para 2019, não cedendo à chantagem com que alguns pretendem que o PCP assine qualquer outra coisa.

A intervenção de Jerónimo de Sousa pode ser ouvida na ligação Governo «manda» escolher entre carreiras e estradas, mas nunca põe em causa dinheiro para a banca.

A JCP, pela voz de Jéssica Sá, já elencara os graves problemas com que se defronta a juventude perante a falta de condições das escolas, a deficiente acção social escolar bem como o afastamento dos estudantes da participação na gestão democrática da Escola e do desrespeito da sua autonomia associativa estudantil.

A DORAV, por sua vez através de Ana Isaura Costa, caracterizou as diversas situações de exploração do trabalho no Distrito, onde a precariedade dos trabalhadores vai de par com as carências das populações.

Sobre esta iniciativa ver também artigo publicado no Avante Compromissos do PCP são só para avançar

Gabinete de Imprensa da DORAV
16 de Julho de 2018

 

 

 

 


Para o topo