Notícias do sítio central

Últimos destaques da página do Partido Comunista Português
  • Sessão Evocativa do Centenário da Revolução de Outubro

    Encerramos aqui, na cidade do Porto, as Comemorações do Centenário da Revolução Socialista de Outubro - a primeira revolução vitoriosa que assume o objectivo da construção de uma sociedade nova, liberta da exploração do homem pelo homem - que, por iniciativa do PCP, se têm vindo a realizar em todo este ano de 2017.

  • Orçamento do Estado 2018 - Avanços e limitações. A Luta pela Política Patriótica e de Esquerda

    Nestes dois anos da nova fase da vida política nacional, aberta com a luta dos trabalhadores e a acção decisiva do PCP foi possível, ainda que de forma limitada, fazer avançar medidas de reposição de direitos, salários e rendimentos dos trabalhadores e do povo, e responder a alguns dos problemas mais sentidos pelo povo português.

    Essa acção esteve agora, outra vez, muito evidente no debate do Orçamento do Estado para 2018 que acabou de ser aprovado - o terceiro Orçamento do Estado desta nova fase da vida política nacional.

  • Sobre o reconhecimento pelos EUA de Jerusalém como capital de Israel

    O PCP condena veementemente o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel hoje anunciado pelo Presidente norte-americano, uma decisão que representa um apoio explícito por parte dos EUA à política sionista de Israel e uma agressão frontal ao martirizado povo palestiniano e provocação aos povos árabes, com perigosas e imprevisíveis consequências.

  • Defesa de Transportes Públicos de Qualidade

    Queria, em primeiro lugar, saudar-vos e saudar a participação de todos vós nesta luta que se junta a muitas outras que estamos a travar, em defesa de melhores condições de vida das populações.

  • «Onde sobram promessas, faltam trabalhadores, faltam medidas»

    No debate quinzenal realizado hoje na Assembleia da República, Jerónimo de Sousa iniciou a sua intervenção valorizando os avanços alcançados no OE com a marca do PCP aqui e questionou o Primeiro-ministro com o problema da seca extrema que está a atingir o país e as suas consequências no abastecimento de água às populações aqui, na agricultura e na agro-pecuária, bem como sobre os serviços públicos e em particular a saúde e os transportesaqui.

  • Sobre a designação de Mário Centeno como presidente do Eurogrupo

    1 - A designação de Mário Centeno como presidente do Eurogrupo não representa uma decisão positiva para a defesa dos interesses dos trabalhadores e do povo português, e para um desenvolvimento soberano, que rejeite as limitações e imposições da União Europeia, em particular as associadas à União Económica e Monetária e ao Euro.


Para o topo