Notícias do sítio central

Últimos destaques da página do Partido Comunista Português
  • XII Assembleia da Organização Regional do Porto

    As mais fraternas saudações a todos os delegados e convidados presentes na XII Assembleia da Organização Regional do Porto do PCP.

    Estamos hoje num quadro diferente daquele que se apresentava em Dezembro de 2014, quando da realização da nossa última Assembleia Regional.

    Nessa altura a perspectiva que se apresentava era ainda a do prolongamento da ofensiva do governo do PSD/CDS contra os interesses dos trabalhadores e do nosso povo.

  • Pelo respeito da soberania do povo venezuelano

    O PCP denuncia a campanha de ingerência contra a Venezuela e o seu povo e reclama o fim de todas as acções externas que, frontalmente contrárias à Carta da ONU e direito internacional, agridem os direitos do povo venezuelano e atentam contra a independência e soberania da República Bolivariana da Venezuela, acarretando uma séria ameaça à paz neste país e na região.

  • PCP lança campanha nacional de esclarecimento, informação e contacto com os trabalhadores

    Valorizando os avanços na defesa, reposição e conquista de direitos e rendimentos que, no quadro da nova fase da vida política nacional, se concretizaram por iniciativa e contributo decisivo do PCP, determinado pelo seu compromisso com os trabalhadores e o povo, e pela luta dos trabalhadores, fica evidente que, por opção do PS e do seu Governo em convergência com PSD e CDS, não se foi tão longe quanto seria possível e necessário, particularmente no que diz respeito aos direitos dos trabalhadores.

  • «A vida das pessoas e das empresas exigem uma discussão séria e uma resposta concreta»

    Na intervenção inicial da interpelação realizada hoje pelo PCP na Assembleia da República, Bruno Dias afirmou que "o PCP dará voz às populações, aos trabalhadores, aos utentes dos serviços públicos que todos os dias enfrentam as condições inaceitáveis que as políticas de abandono, desinvestimento e entrega aos privados trouxeram nos transportes públicos, nos correios, nas telecomunicações, na saúde, na educação".

  • «O progresso tecnológico exige ser acompanhado pelo progresso social»

    No debate quinzenal na Assembleia da República, Jerónimo de Sousa abordou os temas do conhecimento, inovação e economia (aqui) afirmando que é preciso ter mais e melhores condições para os trabalhadores e finalizou ainda lembrando o problema da valorização das reformas aos trabalhadores com longas carreiras contributivas(aqui).

  • Sobre a proposta de criação de três impostos europeus

    O reforço do Orçamento comunitário deve resultar de contribuições dos Estados-membros com base no respectivo Rendimento Nacional Bruto (RNB) e ter como objectivo o assegurar de uma função redistributiva, contribuindo para uma efectiva coesão económica e social, e não para a acentuação da divergência na União Europeia.


Para o topo