A CDU, em coerência com a sua posição de sempre de defesa do Hospital de Espinho e na sequência das sucessivas visitas dos deputados do PCP, Jorge Machado e, mais recentemente, Diana Ferreira, apresentou a 28 de Abril último na Assembleia Municipal de Espinho uma proposta de criação de uma Unidade Local de Saúde (ULS), sediada no Hospital concelhio.

Com esta proposta Espinho poderá recuperar para o seu Hospital algumas das valências perdidas – e trocadas por falsas promessas! – e, em especial, o seu Serviço de Urgência, rentabilizando assim o excelente equipamento instalado e perfeitamente desaproveitado e também o largo sector do edifício não utilizado pelo Centro Hospitalar Gaia/Espinho.

A Urgência da USL será capaz de responder aos casos de gravidade leve e média (que constituem 60 a 70% dos utentes de uma urgência) e também de assistir e estabilizar situações mais graves, para poderem ser transferidas, já monitorizadas, para os dois grandes hospitais mais próximos – Gaia ou Feira –, cujas urgências seriam assim aliviadas da enorme pressão actual de utentes.

A CDU quer recuperar assim para Espinho o longo esforço – que parecia perdido – de sucessivas gerações de espinhenses que souberam criar várias situações embrionárias de cuidados de saúde de proximidade aos Espinhenses, corporizadas mais tarde, nos anos 50, na construção do actual hospital.

Com a criação desta USL o Serviço Nacional de Saúde reaproximar-se-á dos Espinhenses e de toda uma população envolvente do Concelho, num âmbito superior a 100 000 utentes.

Percebendo o largo alcance desta proposta, quer nos cuidados de proximidade que serão recuperados, quer na importância estratégica para a Cidade e Concelho, as restantes forças políticas da Assembleia Municipal de Espinho votaram favoravelmente esta proposta, com apenas a curiosa abstenção do Presidente da Junta de Freguesia de Espinho.

A proposta seguiu para o Ministério da Saúde e para o Governo que agora têm nas suas mãos a sua adopção.

A CDU, tendo cumprido o seu papel institucional local e recebido para a sua proposta de criação de uma ULS em Espinho o apoio quase unânime dos deputados municipais, exorta agora todos os espinhenses a lutarem pela proximidade do Serviço Nacional de Saúde e, nomeadamente, pela defesa de um Serviço de Urgência na Cidade.

Espinho, 30 de Abril de 2016.

A Comissão Coordenadora de Espinho da CDU

Para o topo