Na sequência da Sessão Extraordinária da Assembleia Municipal de Espinho realizada a 16 de Julho de 2012, convocada para discutir a prevista extinção da freguesia de Guetim pelo Governo PSD/CDS e onde, perante a indignação dos muitos guetinenses presentes na sala, a proposta defendida pelo seu Presidente da Junta foi inviabilizada por um voto a favor de uma proposta alternativa, apresentada pelo PSD local com o apoio do CDS, vem o PCP comunicar o seguinte:

1 – O eleito da CDU na Assembleia Municipal de Espinho defendeu todas as freguesias e votou contra a proposta alternativa do PSD, lamentando-se que esta tenha inviabilizado a proposta defendida pelo Presidente de Guetim, pois a CDU sempre esteve, está e estará ao lado das populações contra as arbitrariedades que, também no âmbito autárquico, o Pacto de Agressão da Troika, com a cumplicidade dos Partidos do Governo (PSD e CDS), do PS e do Presidente da República, quer impor ao Povo Português.

2 – O eleito da CDU apresentara já a 29 de Setembro de 2011 – altura em que o ataque às freguesias estava ainda a ser preparado – um documento na Assembleia Municipal contra a extinção de freguesias no Concelho de Espinho, que foi retirado da votação, por falta de apoio dos 5 presidentes das juntas de freguesia do Concelho, nomeadamente do presidente da freguesia de Guetim, certamente convencido de que resolveria o problema na sombra dos gabinetes.

3 – A CDU e o PCP denunciam aos Guetinenses a machadada que PSD e CDS deram na freguesia, a errada condução do processo de contestação da extinção – ditada mais por inconfessáveis interesses eleitorais autárquicos do que pela defesa de Guetim – e a estranha ausência do BE nesta sessão da Assembleia Municipal de Espinho.

4 – A CDU e o PCP, que sempre foram claros nas suas posições e denúncias, lamentam a incorrecta estratégia de defesa da freguesia de Guetim e disponibilizam-se sempre para lutar pelas populações contra esta e outras malfeitorias que as Troikas internacional e nacional nos querem impor.

Espinho, 23 de Julho de 2012

A Comissão Concelhia de Espinho do PCP


Para o topo