Estarreja

Logótipo da Coligação Democrática UnitáriaA Moção apresentada na Assembleia de Freguesia de Beduído, concelho de Estarreja, pela CDU, Coligação Democrática Unitária, no último dia 6 de Abril de 2010, Contra a introdução de portagens nas SCUT, foi aprovada por unanimidade.

Decorreu hoje na Biblioteca Municipal de Estarreja a apresentação dos candidatos às Juntas de Freguesias do Concelho, com a presença de Miguel Viegas, cabeça de lista da CDU pelo círculo de Aveiro às próximas eleições legislativas para além dos já anunciados candidatos à Câmara e Assembleia Municipal, António Vidal e Américo Rodrigues.

A direita não quer ouvir o Povo a propósito do Comboio de Alta Velocidade

 

A Coligação Democrática Unitária, CDU, apresentou, na Assembleia Municipal de Estarreja, uma proposta de Comissão de Acompanhamento do Comboio de Alta Velocidade no Concelho de Estarreja, que foi chumbada com os votos contra do CDS e PSD, a abstenção do PS e sendo favoráveis os votos da CDU e do Presidente da Junta de Freguesia de Beduído. A este propósito a Comissão Concelhia de Estarreja do Partido Comunista Português quer salientar o seguinte:

1. Os partidos de direita não querem de forma alguma que as populações sejam esclarecidas e debatam os problemas que o Comboio de Alta Velocidade vai criar, com situações de desespero em muitos casos.

2. O PS depois de ver reprovada uma proposta de Comissão que tinha por objectivo promover a sua responsável concelhia, bem como sacudir a água do capote do seu governo, absteve-se com uma justificação ridícula.

3. A Comissão Concelhia de Estarreja do PCP responsabiliza aqueles três partidos por prejuízos graves para a população do nosso concelho, pelos problemas dos nossos agricultores, moradores, trabalhadores, empresários e pelas infra-estruturas que venham a ser destruídas.

4. A Comissão Concelhia de Estarreja do PCP reafirma que o Comboio de Alta Velocidade pode ser considerado um desenvolvimento da rede ferroviária, principalmente em termos internacionais. Isto se não se desenvolver à custa da rede ferroviária tradicional e se complemente e articule com ela.

5. A Comissão Concelhia de Estarreja do PCP reafirma que desconfia de governos que têm destruído inúmeras vias da rede ferroviária tradicional.

6. A Comissão Concelhia de Estarreja do PCP afirma que as justificações para o chumbo da nossa proposta carecem de credibilidade. Foram já muitas as vezes que a Assembleia Municipal reuniu com a participação de convidados e das populações com carácter de esclarecimento mútuo e sem deliberação.

7. Tendo em conta o acima mencionado a Comissão Concelhia de Estarreja do Partido Comunista Português, vai mobilizar todos os seus esforços de forma a que os munícipes de Estarreja possam debater sem limitações esta estrutura que vai, a ser construída, rasgar longitudinalmente o seu concelho, já muralhado com auto-estradas e gasodutos.

 

A Comissão Concelhia de Estarreja do PCP


Para o topo