lucia gomes  e albino na mealhadaA CDU, numa delegação composta pelos candidatos pelo Distrito de Aveiro Lúcia Gomes e Albino Silva, pelo deputado do PCP Agostinho Lopes e por membros da Comissão Concelhia do PCP da Mealhada, reuniram com a direcção da Adega Cooperativa da Mealhada, hoje, 1 de Setembro.

 

A reunião demonstrou a justeza e assertividade das posições defendidas desde sempre pela CDU, já assumidas nos compromissos eleitorais para o Distrito de Aveiro, nomeadamente a necessidade de defesa da produção local e do seu escoamento, bem como do reforço do cooperativismo.

Das 4 cooperativas existentes no distrito, apenas restam duas que hoje enfrentam dificuldades significativas de sobrevivência. Esta adega sofreu uma quebra na produção de 90% em três anos, tendo apenas recebido 300 mil quilos de uvas em 2008, face aos 3 milhões em 2005. Tal situação fica a dever-se à impossibilidade de pagamento das campanhas aos agricultores face ao garrote imposto pela banca, nomeadamente, pela Caixa Geral de Depósitos. A cooperativa, que tem vindo pontualmente a pagar o seu passivo, vê os seus bens hipotecados num valor 3 vezes superior ao da dívida, e, tendo confrontado as entidades competentes com a sua situação foram encaminhados para a Linha de Crédito para Apoio às empresas de produção, transformação e comercialização de produtos agrícolas, pecuários e florestais, programa altamente propagandeado pelo Governo PS.

Contudo, este Governo, que disponibiliza milhões à banca, ao invés de se responsabilizar pelo apoio à produção nacional, colocou nas mãos da banca a decisão sobre estes mesmos apoios. Desta forma, a Caixa Geral de Depósitos, numa atitude inaceitável e sem quaisquer explicações, negou o auxílio legalmente previsto à Adega Cooperativa, deixando-a numa difícil situação e em risco de insolvência.

O deputado Agostinho Lopes apresentará uma pergunta ao Governo denunciando a situação e a CDU reafirma a necessidade da urgência da tomada de medidas de apoio à agricultura familiar e de ajuda e protecção à produção vinícola, nomeadamente na zona da Bairrada, sendo o vinho um dos seus maiores símbolos e esta actividade económica de importância fulcral para o desenvolvimento social e económico e para as populações

daquela região.

1 de Setembro de 2009

Pela Comissão Coordenadora Distrital de Aveiro da CDU

 

Para o topo