A Comissão Concelhia de Oliveira de Azeméis do PCP comemorou os 45 anos do 25 de Abril num jantar que juntou mais de duas dezenas de pessoas, e cuja intervenção esteve a cargo de Ana Valente, mandatária distrital da CDU nas eleições ao Parlamento Europeu.

A mandatária da CDU relembrou que o 25 de Abril não se construiu nessa madrugada. O 25 de Abril foi fruto da resistência e da luta de muitos homens e mulheres que ao longo dos tempos foram construindo um país novo, dando um contributo decisivo para o derrube do estado fascista. Para isso, deu exemplos como a greve de 1934, na Marinha Grande, onde os operários vidreiros corajosamente tomaram o poder por algumas horas, sendo depois brutalmente reprimidos pela máquina fascista. E, a crise académica de 62 e 69, que constituíram importantes expressões massivas da resistência estudantil à ditadura.

Desde então, o PCP afirma que Abril, não se comemora 1 dia por ano Abril comemora-se todos os dias, defendo-o. Quando lutamos pela Escola pública, gratuita e de qualidade estamos a comemorar Abril, quando lutamos pelo nosso Serviço Nacional de Saúde estamos a comemorar Abril, quando lutamos por 1% para a cultura estamos a comemorar Abril.

Ana Valente disse que infelizmente todos nós estamos familiarizados com as tentativas de silenciamento do PCP, com a deturpação da nossa mensagem. Sabemos bem com o que podemos contar da comunicação social dominante, com ódio, silenciamento e difamação, basta aliás olhar para quem são os seus proprietários. Desta vez incomodámos mais. Não perdoam ao PCP a nova correlação de forças na Assembleia da República, as conquistas alcançadas pelo povo e pelos trabalhadores não foram bem digeridas pela direita, que viu no PCP um ataque directo às suas políticas de exploração e miséria. Como tal, contra-atacaram com toda a força, fazendo-nos crer que “são todos iguais”.

Por tudo isto, o reforço da CDU nas próximas eleições é da maior importância. A história do nosso país é uma história de luta, somos ora os construtores de Abril, ora os seus filhos, as suas sementes. De qualquer forma, levamos connosco uma responsabilidade maior, a de fazer cumprir Abril, de transformar o sonho em vida, de fazer projectar os valores de Abril no futuro de Portugal.

 


A Comissão Concelhia de Oliveira de Azemeis do PCP
Oliveira de Azemeis, 26 de Abril de 2019

 

Para o topo