Deposição de cravos na campa de Adelino Santos LeiteNo passado dia 13 de Outubro junto à sua campa no Cemitério de Nogueira do Cravo, cerca de 50 comunistas, simpatizantes e amigos, associaram-se à homenagem promovida pela Comissão Concelhia de Oliveira de Azeméis do PCP a Adelino Santos Leite, que faleceu a 29 de Setembro de 2003 e que nesta data comemorava os seus 70 anos de vida.

Das intervenções em sua homenagem, destacamos a do camarada António Marques Alves, que em nome da Comissão Concelhia destacou alguns elementos mais relevantes do seu percurso:

“Adelino Santos Leite entrou para o Partido logo após o 25 de Abril e desde muito cedo foi membro da Comissão Concelhia de Oliveira de Azeméis do PCP, até perto do seu falecimento.

Concentração à entrada do cemitério de Nogueira do CravoO seu percurso foi exemplar. Comunista convicto, pautou a sua intervenção quer no plano politico, quer associativo, sempre na defesa das populações da sua terra natal – Nogueira do Cravo – para que esta freguesia se desenvolvesse em conformidade com os seus ideais comunistas.

Era um comunista com uma visão muito própria. Bairrista, de forte personalidade, determinado, persistente e coerente na defesa das suas ideias. Mas, também era um homem humilde, conhecido pelo bom relacionamento que mantinha com quem ele se cruzasse, independentemente da sua cor politica. Eram características, que o definiram como um homem que conseguia congregar consensos das diversas forças politicas em prol da sua freguesia.

Foi candidato das listas da APU e CDU em diversos Órgãos do Poder Local Democrático. Destaca-se em 1989 como cabeça de lista à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis e candidato em diversas eleições à Assembleia de Freguesia de Nogueira do Cravo na qual exerceu como secretário, o executivo desta Junta durante dois mandatos consecutivos.

Momento de intervençõesNo plano desportivo teve um papel de relevo em todo o seu percurso associativo. Foi um dos fundadores do Real Clube Nogueirense em Setembro de 1976, ocupando o cargo de Presidente e outros cargos directivos nesta colectividade durante muitos anos. Pós 25 de Abril também fez parte dos órgãos directivos da União Desportiva Oliveirense.

Entre outros aspectos da intervenção de António Alves, salientou que este camarada de perfil multifacetado, se estivesse entre nós, manteria a sua militância e convicções, e juntamente com os seus camaradas de partido continuaria a combater esta politica que diversos governos nos têm e continuam a impor no plano politico, económico e social contra os trabalhadores, populações e diversos sectores sociais, ofensiva esta que coloca em causa os mais elementares direitos conquistados com o 25 de Abril.

Que não se resignaria com esta situação, e está certamente muito orgulhoso dos comunistas e democratas que continuam com grande resistência e sacrifício a lutar contra esta politica de direita e abrindo um outro caminho para uma politica patriótica e de esquerda.

É também no âmbito das comemorações dos 90 anos do PCP que se está a realizar durante o corrente ano por todas as organizações do partido, que se insere esta homenagem promovida pela Comissão Concelhia a este destacado militante comunista – camarada Adelino Santos Leite.”

A luta continua…

Para o topo