Ovar

Escola Oliveira Lopes, OvarDesde o anúncio, no passado dia 24 de Junho e de forma totalmente inesperada, do encerramento da Escola Oliveira Lopes, que a população de Válega se tem mobilizado na sua defesa. De facto, e contrariando a atitude conivente da Câmara Municipal com as intenções do governo, a população desdobrou-se em várias acções de protesto, incluindo um abaixo-assinado que nesta data recolheu já mais de 1400 assinaturas.

O PCP salienta que esta escola, para além do valor histórico para os valeguenses, se encontra excelente localizada, necessitando apenas de obras de requalificação. Por outro lado, a transferência dos alunos para o Centro Escolar da Regedoura, mais longe do seu meio e das suas famílias, cria alterações nas dinâmicas e economias familiares, incluindo encargos com alimentação, transportes e outros. Situado a 30 minutos de distância a pé, o caminho para o Centro Escolar encontra-se ainda pejado de situações de perigo, como a EN 109, uma passagem de nível sem guarda e diversos arruamentos sem passeios ou medidas de segurança para peões. Mesmo com transporte escolar, o certo é eventualmente crianças farão este percurso a pé.

O CDP de Santa Maria de Lamas, integrado na USP (Unidade de Saúde Pública) do ACES entre Douro e Vouga – Feira/Arouca 1, da ARS Norte presta um serviço de primeira necessidade na área das doenças do foro pneumológico. Para além do rastreio da tuberculose, uma doença que ameaça recrudescer de novo e que inclui as provas de tuberculina para detecção de anticorpos, pesquisa de BK (baciloscopia) e a vacinação BCG, realiza igualmente consultas pneumológicas, entre as quais a da cessação tabágica. É também no CDP que se realizam os tratamentos cujo protocolo implica a Toma Observada Diária destinada a promover o maior sucesso terapêutico possível.

Carros de recolha de resíduos sólidosO futuro da recolha de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU's) foi alvo de debate na última reunião da Assembleia Municipal, de 21 de Julho. Nesta reunião foi apresentada, por um lado, a proposta da Câmara Municipal de venda da sua participação no capital social da ERSUC e por outro uma moção que vinculasse o município a uma posição contrária à privatização da Empresa Geral de Fomento (EGF), apresentada pelo deputado municipal do PCP, Miguel Jeri.

Para o PCP, o sector dos resíduos é fundamental para o desenvolvimento do País e essencial para a preservação e conservação do ambiente, a coesão social e económica, a saúde pública e a qualidade de vida das populações. Um sector, que fruto da gestão municipal e multimunicipal e de enormes investimentos públicos conseguiu avanços notáveis, com uma taxa de cobertura de 100% e progressos significativos no campo da reciclagem, tratamento e valorização.

O processo opaco de privatização do Hospital Francisco Zagalo, de Ovar, tem gerado um vasto e generalizado conjunto de apreensões, tornando-se essa intenção, em si mesma, um escândalo, paradigma das políticas de subserviência ao grande capital responsável pelo roubo sistemático ao Povo e ao País dos instrumentos sociais e civilizacionais. O PCP, questionou hoje o Governo acerca desta intenção tendo o deputado Jorge Machado, que há dias visitou Ovar, requerido do governo respostas às questões seguintes.

1. De que forma pretende o Ministério prestar melhores cuidados de saúde à população ao mesmo tempo que se desresponsabiliza dos mesmos?

2. Quatros meses passados, sabe já o Governo em que moldes pretende proceder ao processo de privatização?

3. Que valências pretende encerrar no caso de conseguir concluir o processo de privatização deste hospital?

4. Quando irá clarificar o Governo sobre os futuros vínculos laborais dos trabalhadores?

5. Qual a posição do Governo sobre a “parceria de gestão”proposta pelo Conselho Executivo da CIRA?

Nota de imprensa da Comissão Concelhia de Ovar

em 21 de Julho de 2014

O PCP apresentará, na Assembleia Municipal de hoje, uma moção no sentido de exigir ao governo que anule a decisão de encerramento da Escola Oliveira Lopes, exortando, ao mesmo tempo, a Câmara a avançar com as necessárias obras de requalificação. A luta da população tem sido extremamente positiva, na opinião do PCP, para pressionar o poder político contra o encerramento administrativo de Escolas por todo o país sem auscultar populações e sem ter em conta as dinâmicas e necessidades específicas de cada caso. Deste processo de luta destaca-se o exemplo de Estarreja, em cuja Assembleia Municipal foi apresentada uma moção visando impedir o encerramento das suas escolas e cuja aprovação não foi alheia à pressão reivindicativa da população.

Hospital de Ovar não pode ser privatizadoUma delegação da Comissão Concelhia de Ovar do PCP reuniu, no passado dia 21 de Março, com uma comissão representante dos trabalhadores do hospital, a pedido destes. Esta reunião surge na sequência de uma comunicação da parte da Administração Regional da Saúde do Centro informando os trabalhadores do Hospital Dr. Francisco Zagalo - Ovar da devolução deste à Misericórdia.

Para o topo