Ovar

Numa campanha que já contou com variadas iniciativas no concelho de Ovar, militantes e activistas da CDU estiveram ontem em várias acções de contacto com os trabalhadores de várias empresas do concelho, nomeadamente da Gametal, da Promivi, da Toyota e da Yazaki. As iniciativas contaram com a presença de Miguel Viegas, terceiro candidato pela CDU ao Parlamento Europeu e ex-deputado municipal na Assembleia Municipal de Ovar.

Nos contactos foi visível o desagrado dos trabalhadores com as políticas de ataques aos direitos laborais, à contratação colectiva, à protecção contra o desemprego, levadas a cabo pelo governo e com o alto patrocínio da UE. Neste contexto, é urgente e necessário dar mais força à CDU nas próximas eleições de dia 25 de Maio, não apenas para criar melhores condições para a defesa dos trabalhadores e do povo pelos eleitos da CDU, mas também porque estas eleições serão uma oportunidade irrepetível para um enorme cartão vermelho ao governo e as suas políticas de rapina que lesam quem vive do seu trabalho.

Não deixa de ser significativo que nos 3 anos que vigora o Pacto de Agressão e em tempos de "crise", as grandes fortunas tenham tido um crescimento significativo enquanto a esmagadora maioria do povo português sofreu o mais rápido empobrecimento das últimas décadas.

A CDU continuará, na próxima semana, em numerosas acções de campanha que serão devidamente anunciadas.

Ovar, 16 de Maio de 2014
A Comissão Coordenadora de Ovar da CDU

 

Mais de uma centena de pessoas, entre militantes, amigos e simpatizantes da CDU, estiveram presentes na Sessão Pública da CDU do passado sábado, por ocasião dos 40 anos da Revolução de Abril e no âmbito da campanha eleitoral para o Parlamento Europeu. A sessão teve a participação de Miguel Viegas, terceiro candidato da lista da CDU às próximas eleições e com actividade política sobejamente conhecida no concelho, bem como de João Oliveira, presidente do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, contando ainda com intervenções de Renata Costa, dirigente da JCP, e de Adelino Nunes, mandatário distrital da candidatura.

Para o topo