No estudo económico e financeiro que fez à Oliva, o  Administrador da Insolvência demonstra que, estruturando a empresa, é possível a sua viabilização.

 

 A organização local do PCP entende que a falta de diálogo com as estruturas internas dos trabalhadores e o não pagamento atempado dos seus vencimentos são procedimentos que não parecem compatíveis com uma gestão apostada em garantir a sua laboração. A luta dos trabalhadores por trabalho com direitos foi e é, parte integrante da luta pela manutenção da empresa !

 Manter em funcionamento a fundição Oliva, que é  uma das maiores empresas do sector metalúrgico - sector estratégico para qualquer país -, não será apenas do interesse dos trabalhadores, mas também do interesse local, regional e nacional.

 A verificar-se o encerramento de mais esta empresa, ficaria mais pobre o sector produtivo nacional. Em contrapartida, a sua continuidade não só evitaria este prejuízo como impediria o lançamento de cerca de duas centenas de trabalhadores na dependência de subsídios de desemprego, onerando fortemente a Segurança Social.

 O estudo económico do Administrador da Insolvência demonstra que é possível viabilizar a empresa em pouco tempo. O Governo pode e deve, nestas condições, fazer intervir os meios do Estado, nomeadamente a CGD ou Fundos Especiais de Apoio às Empresas, para salvar a Oliva. Isso é indispensável para os trabalhadores, o concelho e o país! O Governo tem que olhar para o sector produtivo dando-lhe a importância que o interesse nacional reclama: neste caso concreto e antes que seja tarde, deve envolver-se na resposta necessária à manutenção da empresa!

 A  Oliva  continua a contar com encomendas e com trabalhadores empenhados em ultrapassar  obstáculos e procurar soluções que facilitem a laboração  em condições adequadas!  Hoje como ontem, os trabalhadores lutando pelos seus postos de trabalho, acautelam o futuro da empresa e protegem os interesses do concelho e os do país.

 Estas são razões suficientes para a organização local do PCP continuar  a reivindicar a viabilização desta empresa!
 
Comissão Concelhia de S. João da Madeira do PCP

Para o topo