Santa Maria da Feira

Os munícipes feirenses conhecem as posições e preocupações da CDU Feira, em relação à problemática da extinção dos serviços públicos, tantos deles conquistas de Abril e cujo rol nos abstemos aqui de enunciar. A essa já longa lista de serviços públicos destruídos nos últimos anos, foi recentemente acrescentada a destruição da rede de balcões dos Serviços de Finanças Públicos, calhando-nos, uma vez mais na "lotaria" encerrar dois no município da Feira. Estariam, neste caso, os balcões existentes em Lobão e em Paços de Brandão que, não por questões de falta de procura ou de público, mas tão-somente por mera lógica economicista e novamente a pretexto da tão famigerada imposição da "troica" seriam os indigitados como "a extinguir".

Foi agora publicada a lista das escolas do Ensino Básico que o Governo PSD/CDS pretende encerrar um pouco por todo o país.

Tal como noutras áreas e matérias, este corte cego em equipamentos essenciais para a formação e educação das nossas crianças terá sérias e muito graves consequências para a qualidade de vida das populações, já que limitará ainda mais, em muitas regiões e concelhos, o acesso pleno ao ensino público e universal, como está consagrado na Constituição da Republica.

Logo CDU

Recomendação

Castro de Fiães – Santa Maria da Feira

Considerando que:

  • O castro de Fiães é de especial importância para a interpretação da cultura castreja a sul do Douro;
  • Poderá ser uma mais-valia para a interpretação dos povos que habitaram as terras do atual Concelho de Santa Maria da Feira;
  • Este povoado tem um largo período de ocupação, possivelmente desde a Idade do Ferro até à Alta Idade Média;Existe diversificada bibliografia que confirma a importância histórica do local;
  • Existe diversificada bibliografia que confirma a importância histórica do local;
  • Nunca foi realizado um estudo exaustivo e em toda a extensão do Monte de Santa Maria (local do castro);
  • O local é símbolo da prática secular de reutilização simbólica dos mesmos espaços por diferentes comunidades ao longo dos tempos;
  • O local simboliza uma sobreposição sucessiva de valores materiais e espirituais;
  • Este espaço pode ser a localização da mítica povoação de Lancóbriga;
  • O espaço está envolto em misticismo e é a base de lendas;
  • Há um interesse generalizado da população da freguesia, e do concelho, em ver este local dignificado, havendo, por tal, uma necessidade premente de conservar o que resta do castro evitando em simultâneo a sua evidente detioração;
  • Há a necessidade de se evitar mais construções verticais e horizontais na área do castro;
  • O Castro de Romariz (com especificidades diferentes) tem classificação de Imóvel de Interesse Público (antiga classificação do IGESPAR) desde 1945;
  • Para que o organismo competente, IGESPAR, inicie o processo de classificação (que terá 6 etapas) basta a subscrição da proposta por uma entidade e o envio do respetivo formulário.

A CDU – Coligação Democrática Unitária propõe que a Assembleia Municipal delibere recomendar à Câmara Municipal que inicie, junto do IGESPAR, o processo de qualificação do espaço como Imóvel de Interesse Público.

Filipe T. Moreira

Eleito da CDU na Assembleia Municipal de Stª Mª da Feira

Para o topo