Vagos

Comunicado da Comissão Concelhia de Vagos do PCP

Desde o tempo dos ex-ministros da educação David Justino (PSD) e de Maria de Lurdes Rodrigues (PS) que a Escola Pública tem sido desvalorizada em benefício do ensino privado. Para 2015, o orçamento de estado prevê mais um corte na educação de 704 milhões de euros. No país encerraram milhares de escolas primárias e em Vagos foram várias: Ponte de Vagos, Sanchequias, Gafanha, Covão do Lobo, Santa Catarina, Lavandeira e outras. Entretanto, dois novos Centros Escolares foram construídos: o da Gafanha da Boa Hora (cerca de 90 alunos) e o de Fronte de Angeão, com cerca de 230 alunos provenientes das antigas escolas primárias e jardins-de-infância de Ponte de Vagos, Santa Catarina, Covão do Lobo e Fonte Angeão. Com um mês e tal de atraso, o Centro Escolar de Fonte de Angeão só entrou em funcionamento a 20 de outubro de 2014, devido ao taco do piso ter levantado, causa do excesso da humidade acumulada (edifício construído abaixo do nível freático, junto a uma vala, onde em tempos seriam campos de arroz). No interior de algumas salas, as paredes já apresentam humidade. O edifício dispõe de grandes janelas e de sistema de aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC) que exige o funcionamento permanente e o respetivo aumento de consumo energético.

Alexandre LoffCâmara Municipal de Vagos

Alexandre Claro Loff, com 58 anos de idade, doutorado em Comunicação Audiovisual pela Universidade Autónoma de Barcelona e em Didática pela Universidade de Aveiro, é professor do 1.º Ciclo na Escola Básica da Ponte de Vagos. É activista sindical, membro do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Vagos, fez parte dos órgãos sociais dos Bombeiros Voluntários de Vagos (BVV) e do Centro de Educação e Recreio de Vagos (CER). Participou ainda no Órfeão de vagos e publicou alguma obra sobre Educação.

 

Virgílio DiasAssembleia Municipal de Vagos

Virgílio Rafael Feliciano Monteiro Dias, tem 24 anos de idade, é estudante do Ensino Superior em Ciência política e Relações Internacionais na Universidade da beira Interior e é membro do Grupo de Estudos políticos da UBI.

 

 

A Coligação Democrática Unitária, apresenta os primeiros candidatos aos órgãos municipais de Vagos. O primeiro candidato da CDU à CM será Alexandre Loff e o primeiro candidato à AM será Virgílio Dias.

 

A Coligação Democrática Unitária entregou na tarde hoje, no Tribunal de Vagos, as suas Listas às próximas eleições autárquicas no Concelho de Vagos. Sendo que, a CDU apresentará listas a todos os órgãos municipais e a quatro freguesias do Concelho.


Para o topo