Uma delegação de Oliveira de Azeméis da CDU juntamente com o candidato da CDU às próximas eleições legislativas, Miguel Viegas, visitaram a Central Termoeléctrica de Biomassa de Terras de Santa Maria (CBTSM) em Cesar, Oliveira de Azeméis.

Num momento em que muito se fala da floresta e das medidas de prevenção contra os incêndios, é forçoso reconhecer que a limpeza da floresta ficou muito aquém do necessário. A valorização dos resíduos florestais para produção energética pode ser parte da solução desde que haja a montante uma política que viabilize a recolha de biomassa de forma sustentável e permita aos pequenos proprietários a limpeza das suas parcelas.

A Central Termoeléctrica de Biomassa de Terras de Santa Maria (CBTSM) produz energia eléctrica a partir de biomassa florestal e de resíduos florestais desde 2009. A potência eléctrica da central de biomassa é de 10 MWe, suficiente para alimentar de energia eléctrica cerca de 20.000 habitações. De forma paradoxal, esta central que emprega 25 trabalhadores enfrenta hoje uma escassez de biomassa que pode colocar em causa a sua viabilidade. Fruto de políticas erráticas por parte dos sucessivos governos, mas também do alheamento das autarquias perante este problema, estamos confrontados com a ausência de qualquer serviço que permita aos milhares de pequenos proprietários realizar a limpeza das suas parcelas, assegurando a remoção da massa combustível que propícia a ocorrência de incêndios na época do calor.

Neste sentido,a CDU, registou as preocupações da empresa relativamente a uma matéria tão sensível, não deixará de Intervir no sentido de se estudar a viabilidade de uma rede de ecopontos florestais onde os proprietários, com a participação das autarquias possam ali depositar os seus sobrantes para sua posterior venda às centrais de biomassa existentes.

Oliveira de Azeméis, 27 de Junho de 2019
O Gabinete de Imprensa da CDU

Para o topo