Uma delegação da CDU composta por Miguel Viegas candidato às próximas eleições legislativas acompanhado de outros ativistas, estiveram hoje de visita à Feira Nacional dos Mirtilos em Sever do Vouga. Dos muitos contactos com produtores, sobressai mais uma vez a preocupação com os preços pagos ao produtor que mal cobrem os custos de produção e representam um dos entraves ao desenvolvimento deste importante sector.

A produção de mirtilo, introduzida na região há mais de vinte anos, representa já uma parte importante da economia local do concelho de Sever do Vouga. Durante a visita, foi possível assinalar o esforço dos agentes locais para acrescentar valor a este fruto vermelho, nomeadamente com a produção de doces e licores. Contudo, persistem problemas já identificados pela CDU há muitos anos. Os enormes entraves burocráticos impostos pelos regulamentos da Política Agrícola Comum e a desigualdade na distribuição dos apoios, absorvidos na sua maioria pelas grandes explorações, continuam a impedir este sector de se desenvolver e atrair jovens para esta atividade. Por outro lado, os preços pagos ao produtor continuam muito baixos, sobretudo se tivermos em conta as margens praticadas pelos intermediários. Hoje, estudos da UE atestam que a produção apenas beneficia de 20% da mais valia, sendo o restante dividido entre a transformação e distribuição.

Pela parte da CDU, Miguel Viegas, "esta feira demonstra bem as potencialidades da nossa região e dos nossos agricultores. Importa agora a criação de medidas que invertam por completo esta situação na qual quem produz apenas recebe migalhas. Precisamos de um modelo de produção que garanta preços justos à produção que cubram os importantes custos desta atividade, fortemente dependente de mão de obra e remunerem dignamente os agricultores".

Sever do Vouga, 28 de Junho de 2019
O Gabinete de Imprensa da CDU

Para o topo