CDU em defesa da linha do Vale do Vouga
Semear futuro por terras de Beja e Serpa
João Ferreira: Jantar com apoiantes em Serpa
A importância do voto na CDU
Miguel Viegas, Estarreja
A CDU é a grande força de esquerda com um projecto de confiança nas capacidades dos país
CDU «Parlamento Europeu 2019» - Tempo de Antena 2
Contacto do candidato Francisco Gonçalves com trabalhadores em Castelo de Paiva
Grande comício em Espinho!

A Órbita foi fundada em 1971. Chegou a ganhar dimensão internacional, exportando para toda a Europa, mas também para Angola, Moçambique, Argélia e Marrocos, chegando a ganhar um contrato de milhares bicicletas para a rede de bicicletas partilhadas de Paris, em 2007.

Hoje a maioria dos trabalhadores foi obrigada a rescindir os seus contratos de trabalho tendo em conta os salários em atraso. A situação precipitou-se depois de a EMEL ter rasgado o contrato de 25 milhões de euros relativo às bicicletas elétricas «Gira», reclamando ainda uma indemnização de 4,6 milhões de euros por alegado incumprimento.

De acordo com Miguel Viegas, deputado do PCP no Parlamento Europeu, esta situação é inconcebível. Num momento em que todas as políticas europeias e nacionais apontam para a necessidade de novas políticas de mobilidade orientadas para a promoção do uso da bicicleta, Portugal e a região de Aveiro arriscam-se a perder uma marca emblemática portuguesa e um dos maiores fabricantes. Perde-se assim um significativo polo de desenvolvimento e mão-de-obra qualificada para um setor com enormes tradições na região e simultaneamente com enormes potencialidades de desenvolvimento futuro.

Neste sentido, o PCP irá apelar junto do governo e da assembleia da república, mas também ao nível da Cira e da autarquia para a necessidade de usar todos os instrumentos de apoio disponíveis para se encontrar uma solução para a empresa e intermediar ao mesmo tempo o diferendo com a empresa municipal lisboeta EMEL.

Para o topo