Mais uma consequência da degradadação do SNS

Quadros do PCP, entre os quais a deputada Paula Batista, à porta do Hospital Infante D. PedroRealizou-se na manhã de hoje mais uma acção de denúncia pública da destruição do SNS levada a cabo por este governo através da imposição de medidas limitadoras à contratação de profissionais de saúde. Neste caso, trata-se da escandalosa perspectiva do encerramento do Serviço de Neurologia no Hospital de Aveiro.

Realizada à porta do Hospital, no decurso desta acção foi distribuído um documento (que se transcreve abaixo) pelas mãos de Paula Batista, deputada do PCP na Assembleia da República, bem como do deputado municipal na AM de Aveiro, Filipe Guerra, e de outros quadros do PCP com destaque para Tiago Vieira, membro do CC. Geralmente bem recebido pelos profissionais de saúde e utentes, o folheto motivou reacções de indignação pela situação aí denunciada.

 

A defesa do SNS faz-se agora, junta-te à luta!

A POLÍTICA DE DIREITA ESTÁ A DAR CABO DA NOSSA SAÚDE!

Ao longo dos últimos anos vimos assistindo a uma completa destruição do Serviço Nacional de Saúde, por parte dos sucessivos governos, ora PSD, ora PS, com ou sem o CDS.

Esta destruição resulta de um processo intencional de entregar a saúde a privados, fazendo de um direito universal um negócio de milhões, que sai directamente dos bolsos do povo português para as fortunas dos grupos económicos.

Como sempre fazemos, também no caso que aqui denunciamos apresentámos um requerimento na Assembleia da República para confrontar o Governo. Porém, é preciso ir mais longe, porque a mais importante ferramenta para impedir mais este desfalque no SNS é a luta do povo de Aveiro.

A luta é o caminho para derrotar este Governo e esta política, seja quem for o seu executante. O que Portugal precisa não é mais uma dança de cadeiras, mas antes de uma verdadeira política alternativa, que seja patriótica e de esquerda, pondo em primeiro lugar os interesses do povo e do país.

Taxar os mais ricos, aumentar salários, renegociar a dívida e pôr o país a produzir para gerar emprego e riqueza que seja bem distribuída, são aspectos incontornáveis de uma política que tenha condições para salvar a Saúde e a Educação, salvando assim o país da miséria e dando aos trabalhadores condições para cá viverem e serem felizes!

 Exigimos e lutamos! Mudar de Rumo, nova política!

 

Mais uma consequência da degradadação do SNS

HOSPITAL DE AVEIRO VAI FICAR SEM NEUROLOGIA NA URGÊNCIA!

A estratégia do governo PSD/CDS para destruir os serviços públicos acaba de atingir mais um objectivo ao tornar impossível a realização de uma escala para o Serviço de Urgência de Neurologia no Centro Hospitalar do Baixo Vouga. Com efeito, as medidas restritivas do Ministério da Saúde à contratação de médicos levaram ao envelhecimento dos Neurologistas do CHBV sem que os quadros fossem renovados.

Dos 4 neurologistas que prestam cuidados no CHBV, três deles atingiram já a idade legal em que estão dispensados do trabalho em Urgência. Apesar disso, eles têm-se mantido em funções por dedicação aos doentes e ao SNS. Contudo, a crescente desmotivação decorrente da falta de um plano estratégico coerente, quer para o CHBV, quer para todo o SNS, aliada à precarização do trabalho médico, levaram os três a fazer valer o seu justo direito de dispensa do trabalho em Urgência. Sabemos que houve contactos entre o Serviço de Neurologia e o Conselho de Administração no sentido de se renovar os quadros médicos do Serviço, mas essa proposta foi rejeitada.

O CHBV passará a ter a especialidade de Neurologia na Urgência apenas durante 12 horas por semana, o que é insuficiente para um Centro Hospitalar desta dimensão. Todos os doentes com patologia Neurológica terão de ser transferidos para Coimbra, correndo riscos durante o transporte, sobrecarregando ainda mais o CHUC, aumentando o tempo de espera, adiando decisões terapêuticas e aumentando os custos com ambulâncias.

Para além disto, o PCP teme ainda pelo futuro da «Via Verde de Trombólise» que tem sido assegurada por Neurologistas em regime de prevenção. Esta terapêutica permite salvar vidas em doentes com AVC e evitar muitas sequelas.

Além disso, o PCP alerta que, dentro de muito pouco tempo, estes Neurologistas estarão reformados, sendo nessa altura o fim definitivo da Neurologia em Aveiro, quer em Urgência, quer em internamento ou Consulta.

 

Partido Comunista Português
Comissão Concelhia de Aveiro
aveiro.pcp.pt | www.pcp.pt

Para o topo