• Qua. Mai 25th, 2022

CDU OAZ com população

Ago 23, 2021

Óscar Oliveira (candidato à Assembleia da União de Freguesias de Oliveira de Azeméis, Santiago de Riba-Ul, Ul, Macinhata da Seixa e Madaíl), António Alves (candidato à Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis), Armando Morais (membro da lista candidata à Assembleia Municipal de Oliveira de Azeméis) e Vítor Januário (candidato da CDU à Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis).
Os jovens revelam preocupações com a dinamização cultural e desportiva de ampla participação bem como com a inserção no mercado de trabalho, a habitação e a degradação das estradas no concelho.

Habitação: Para a CDU, a necessidade de gerar formas de fixação de quem procura iniciar vida autónoma do núcleo familiar original obriga ao empenho autárquico para o acompanhamento e orientação, de modo a poder contribuir para a resolução das dificuldades de habitação, acordando condições que tornem estimulante a oferta e atrativo o acolhimento com valores acessíveis . Neste sentido, importa ainda promover medidas de recuperação e reabilitação de edifícios abandonados ou devolutos. De igual modo, é preciso desonerar custos com deslocações para estudantes, defendendo e valorizando o transporte público (rodoviário e ferroviário).

Emprego: A orientação para a procura de emprego bem como a divulgação das possibilidades existentes exige uma empenhada intervenção da autarquia, a fim de proporcionar apoio aos munícipes e encaminhamento com eficiência, de modo a valorizar a formação adquirida e a facilitar a informação necessária ou formação complementar. Neste sentido, torna-se fundamental incentivar a estabilidade laboral e as condições gerais de trabalho bem como estimular a diversificação de setores de atividade.

Cultura e Desporto: É indispensável promover uma efetiva democratização da cultura, tanto no que diz respeito à criação, implicando agentes na conceção de programas e iniciativas, como à fruição, fomentando a proximidade e a diversidade no concelho. É um objetivo que deve contemplar recintos e infraestruturas de todo o município, permitindo um desenvolvimento cultural descentralizado e harmonioso. Esta é também a perspetiva para o incremento de atividades desportivas, garantindo condições em espaços diversos e investindo no acesso a diferentes modalidades a partir de distintas formas de cooperação com as associações.

Estradas e via férrea: A valorização da rede viária, facilitadora da mobilidade entre freguesias e de ligação a outros concelhos, requer da autarquia intervenção eficiente para beneficiação e manutenção das vias rodoviárias. Além disso, cumpre ao poder local exigir os financiamentos necessários não só para intervenções nas estradas mas também na requalificação da via férrea, incluindo renovação de composições, estações e apeadeiros, serviços de apoio e informação.